Colesterol e alimentos a evitar

Quando se tem o colesterol alto, o primeiro passo é pensar quais os alimentos a evitar. O colesterol elevado no sangue tem duas causas principais – a propensão genética do indivíduo e a alimentação incorrecta. Influenciam também outros factores como o sedentarismo e a falta de exercício físico. Assim, antes de tomar qualquer medicação, o primeiro factor que devemos considerar é o binómio colesterol e alimentos a evitar.

Uma dieta saudável, aliada a um exercício físico de manutenção regular são a pedra basilar de uma vitalidade e saúde favorável. Assim, a maior parte dos alimentos a evitar na hipercolesterolemia são, muito frequentemente, os mesmos que devemos evitar para ter uma dieta saudável.

Modere as carnes da dieta

A carne vermelha, por exemplo a proveniente do gado bovino, é a que apresenta maior quantidade de colesterol – ainda mais quanto mais saborosa é, nomeadamente aquela proveniente de cortes que contêm mais gordura (picanha, cupim…). Mas este alerta não significa que tenhamos que por de parte toda a carne vermelha e exclui-la completamente da nossa dieta!

Tudo passa por um grande controlo equilibrado da nossa alimentação, tanto diária, como fazendo um plano semanal. Por exemplo, se evitarmos outros alimentos que também são fonte de colesterol, poderemos satisfazer-nos com um belo bife de vaca.

Até agora falámos das carnes vermelhas, não queremos com isso dizer que as outras carnes não aumentam o colesterol no sangue! Aumentam, mas menos. As carnes magras como as provenientes de frango e peru também contêm colesterol e não devem ser consumidas abusivamente, especialmente por alguém que tenha já desde base propensão para ter colesterol elevado.

Um passo fundamental para quem gosta de carne e faz dela parte integrante da sua dieta é retirar a gordura visível (aquela tirinha de gordura da picanha, por exemplo; ou até a mesma situação no bacon) – não é que torne a situação boa, mas vai torna-la certamente menos má! No frango e perú, o equivalente seria retirar a pele.

Assim, a carne quando falamos de colesterol, é um alimentos a evitar.

Corte com os fritos e frituras

[ad]É do conhecimento geral que os fritos e as frituras são alimentos a evitar, senão mesmo a abulir. Por outro lado, devemos esclarecer que os mesmos só são responsáveis por elevar o colesterol se tiverem sido produzidos com gordura animal (ou se o objecto da fritura seja de origem animal). Por outro lado, quando aquecidos a altas temperaturas, os óleos vegetais sofrem alterações moleculares, perdendo o benefício inicial em aumentar o colesterol HDL.

Desta forma fica a reter que, para baixar o colesterol se devem evitar as frituras com gorduras animais. No mesmo contexto verifica-se que a elevação da temperatura nos óleos vegetais é também prejudicial, donde se conclui que se deveria evitar as frituras num todo.

 

Neste artigo falámos de colesterol e alimentos a evitar, mas apenas 2 foram referidos. Posteriormente será elaborado um artigo com mais alimentos prejudiciais que aumentam o colesterol

Deixa uma resposta

Send this to friend